Não duvide da bondade de Deus

Mas receio que, assim como a serpente enganou a Eva com a sua astúcia, assim também seja corrompida a vossa mente e se aparte da simplicidade e pureza devidas a Cristo. (2Co 11.3)
Toda a queda do homem começa com a corrupção da nossa mente pelo engano da serpente, e Paulo está preocupado que não aconteça novamente conosco a mesma coisa. A primeira coisa que precisamos observar é que a serpente é “astuta”, no grego, panourgia, sabedoria ilusória ou falsa. A segunda coisa que está clara no texto é que o objetivo de satanás é: corromper, phtheiro, na opinião dos judeus, o templo estava corrompido ou “destruído” quando alguém contaminava ou em menor grau danificava algo nele, ou quando seus guardiões negligenciavam seus deveres.
Tudo o que satanás quer fazer em sua vida é usar de sabedoria ilusória para danificar algo em sua mente e fazê-lo apartar da simplicidade e pureza devidas a Cristo. Em 1 Coríntios 5.4 Paulo diz que eles estavam “tolerando de boa mente um espírito e um evangelho diferente do que temos ensinado”, outras “boas novas”, as “boas novas” do mundo caído, diferente do evangelho de Jesus Cristo, e por isso estavam “se apartando de Cristo”.
Muitos amados, ao entrar em contato com o mundo, “descobrem” outro “evangelho”, descobrem a mente do mundo, que parece inteligente, moderna, contemporânea, de vanguarda e, na busca de exaltar seu próprio ego e alcançar um “lugar ao sol” entre a turma, sucumbem no engano da serpente, e quando percebem a sua nudez, estão tomados de medo, escondendo-se de Deus debaixo do pavor da morte.
Assim como a serpente enganou a Eva, satanás continua tentando nos enganar para corromper nossa mente a fim de nos fazer desviar, nos afastar da simplicidade e pureza devidas a Cristo. O que, de fato, aconteceu no que consiste ao engano da serpente a Eva, o que é isso hoje? Para responder a essa pergunta, precisamos voltar ao início para ver essa história (Gn 3.1-13).
1. QUESTIONANDO DEUS
“É assim que Deus disse?” (v. 1)
Satanás sempre usará pessoas que parecem inteligentes e sábias, professores, ativistas usando uma sabedoria ilusória, para questionar Deus e o evangelho de Cristo, tentando apresentar outro “evangelho” para corromper sua mente e fazê-lo apartar. Não aceite essas pessoas, elas são de outro espírito. O inimigo sempre tentará questionar Deus, questionar a “lógica” de Deus, a bondade, o caráter, os caminhos de Deus. E, porque muitas vezes você não conhece o Senhor ainda de uma maneira plena, como Eva não conhecia, não consegue raciocinar da maneira correta sobre Deus e sua bondade.
a. Questionou a bondade de Deus
A ideia que satanás usou contra Deus para convencer Eva era que Deus não era bom e por isso estava negando-lhes os benefícios daquela árvore, o conhecimento do bem e do mal, o ser igual a Deus. Olhando a história, parece fazer sentido, mas perceba que isso não é verdade, pois a vontade de Deus era que eles não apenas se tornassem conhecedores do bem e do mal, mas também se tornassem semelhantes a Ele, recebendo sua própria vida, porém através da outra árvore, a árvore da vida. Quando Deus nos nega algo, não é porque Ele está nos impedindo de desfrutar de algo bom, mas porque Ele tem algo muito melhor para nós e porque o que nos parecia agradável provavelmente nos destruiria, como foi com Eva. Isso é sutil e está sempre por trás dos pensamentos do inimigo.
Não permita que satanás questione a bondade de Deus a respeito da sua vida. Quando parecer que o argumento contra Deus faz sentido, lembre-se de que é uma ilusão, e ainda que naquele momento você não consiga explicar, certamente há algo melhor que o Senhor lhe mostrará na frente. Apenas rejeite e busque a Deus com sinceridade de coração e você encontrará na Árvore da Vida a resposta para o que está buscando.
b. Questionou a palavra de Deus
“É certo que não morrereis” (v. 4)
A segunda coisa que satanás questionou foi a palavra de Deus. Ao assegurar que o que Deus tinha dito não aconteceria, ele não apenas questionou a palavra de Deus como chamou Deus de mentiroso. Todo o trabalho do inimigo só terá sucesso se ele conseguir anular a palavra de Deus como verdadeira e absoluta, chamando Deus de mentiroso, pois uma vez que a palavra de Deus não é verdadeira, você a desprezará por completo.
Você vai perceber que os professores, pessoas de centro acadêmicos e todos os esquerdistas caídos que se levantam contra a fé evangélica o fazem, em primeiro lugar, atacando a Bíblia, para dizer que ela não é confiável, não é verdadeira, portanto não é digna de confiança. Eles vão dizer que a Bíblia foi escrita por homens, que não há garantia de veracidade, que não existem provas científicas (como se a ciência pudesse provar qualquer coisa) e, por fim, vão dizer que os que acreditam nisso são pessoas ingênuas, tapadas e até que possuem problemas mentais.
Eu não quero aqui lhe apresentar provas da veracidade da Bíblia, mas ela é sim a Palavra de Deus, escrita sim por homens, mas estes inspirados pelo Espírito Santo, comprovada tanto historicamente como experimentalmente por bilhões de pessoas no mundo todo. Ela é a Palavra inerrante de Deus, apta para toda a nossa vida (Hb 4.12; 1Tm 4.9; 2Tm 3.16).
c. Satanás questionará sua identidade e propósito de vida caso decida seguir a Deus
“[…] e, como Deus, sereis conhecedores do bem e do mal” (v. 5)
Prosseguindo na conversa, satanás se levanta agora para questionar a nossa identidade e propósito de vida.
Veja que ele está afirmando a Eva que o motivo de Deus negar acesso à árvore do conhecimento é porque Ele estava negando-lhe o ser igual a Deus (identidade) e o ser conhecedora (propósito).
Nós sabemos que isso é um grande engano, pois a vontade de Deus era que o homem se tornasse tal qual Ele é, pois já o tinha feito com a declaração de que o homem deveria ser a sua imagem e semelhança, então não apenas seria como Ele como teria toda a sua sabedoria. Isso aconteceria pela Árvore da Vida, que é Cristo, no qual estamos hoje.
Com certeza, você será atacado por pessoas usadas pelo diabo para atacar a sua identidade e propósito de vida. Todo crente é “tapado” para o mundo, é ignorante, ingênuo, está sendo enganado por pastores exploradores, todos eles são burros, não pensam e por isso são incapazes. As pessoas e até a família lhe dirão que você está perdendo a sua vida com essa história de crente, que isso não vai dar em nada e que você precisa é de estudar se quer ser alguém na vida.
Eu sou o primeiro a dizer que você deve estudar, pois Deus não ganha nada com a sua ignorância, no entanto não é o conhecimento que nos dará propósito de vida, e sim o estar em Cristo é que nos faz ter sentido para viver, uma vez que n’Ele tudo se torna eterno. Não, não somos loucos ou ignorantes; antes, somos aqueles que, nascidos de novo, têm recebido luz da parte de Deus para viver o mais alto nível de vida que possa ser vivido na terra, a vida espiritual em Cristo. Capazes de perceber, ver e entender o que o homem caído está cego para ver.
d. Mentiu a respeito de Deus nos negar prazer nesta vida
“[…] vendo que a árvore era boa, agradável e desejável” (v. 6)
Aqui chegamos a duas outras questões. A primeira é que, no seu trabalhar para nos enganar, ele tentará nos convencer de que Deus está nos negando os prazeres da vida. Eva olhou para a árvore e viu o quanto poderia ter prazer. Nós vivemos a geração das sensações, na qual tudo é mais fácil e acessível. De sexo a drogas e filosofias sem fim, tudo está na mesa para nós com o fim de desfrutarmos dos prazeres desta vida caída. Mais uma vez, a questão aqui é que Deus não está nos negando os prazeres da vida, foi Jesus mesmo que disse que veio para que tenhamos vida em abundância em todos as áreas da nossa vida, no entanto o que o inimigo não revela é que todo prazer tem o seu preço.
Foi Deus quem nos criou com todas as glândulas do prazer. Foi Ele quem criou o sexo, a comida e uma mente brilhante para pensar. Não faz sentido pensar que Ele estaria negando todos esses prazeres. A questão é que satanás quer nos fazer provar de tudo isso de uma forma caída, mas Deus tem o prazer para nós sem as consequências da queda, em Cristo.
Alguém pode provar todo tipo de prazer sexual, mas nunca saberá o que é o prazer sexual dentro do casamento apaixonado e abençoado por Deus, o qual transcende o prazer físico e se mistura com a ternura, o amor e o ambiente sem culpas e sem preocupações com os resultados. Alguém pode experimentar incríveis viagens nas drogas, mas jamais poderá saber o que é uma experiência arrebatadora com o Espírito Santo. Alguém pode se sentir importante por ser conhecedor das filosofias humanísticas, mas nunca poderá viver as grandezas das revelações a respeito de Deus, sua palavra e sua criação, nos fazendo ver e compreender o que os homens sem Deus jamais poderão compreender.
O que, então, aconteceu nesse versículo? Qual foi o caminho que satanás trilhou para dar o tiro certeiro em Eva?
2. AS PORTAS DA QUEDA
“[…] boa para se comer, agradável aos olhos e desejável para dar entendimento” (v. 6)
Aqui estão as portas que satanás sempre usará para sacramentar o seu engano e levá-lo à queda: a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida.
Porque tudo que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não procede do Pai, mas procede do mundo. Ora, o mundo passa, bem como a sua concupiscência; aquele, porém, que faz a vontade de Deus permanece eternamente. (1Jo 2.16-17, grifo nosso – ver versão A Mensagem)
Ninguém, ao ser tentado, diga: Sou tentado por Deus; porque Deus não pode ser tentado pelo mal e ele mesmo a ninguém tenta. Ao contrário, cada um é tentado pela sua própria cobiça, quando esta o atrai e seduz. Então, a cobiça, depois de haver concebido, dá à luz o pecado; e o pecado, uma vez consumado, gera a morte. (Tg 1.13-15)
Aqui estão claramente as portas encontradas na vida de Eva e em todos nós por onde o engano de satanás se estabelece.
1. Concupiscência (forte desejo) da carne – Ele nos tentará pelo desejo desenfreado dos apetites da carne, os prazeres do sexo e da comida e tudo o mais que o pecado nos propõe.
2. Concupiscência dos olhos – É a cobiça ardente por ter as coisas. Todo esforço para se ter um diploma é para, no fim, ter um salário melhor e então poder ter as coisas. Desejar ter coisas boas desta vida não é de todo errado, mas aqui se esconde um laço no qual muitos irmãos têm caído, pois, ao imaginar que a vida só terá sentido se tiverem muito dinheiro no futuro, fazem dos estudos uma prioridade acima de Deus e de sua obra, então se esfriam e se afastam para a perdição.
3. Soberba da vida – Aqui está a exaltação do ego através de todas as formas possíveis de se mostrar superior, seja pelas posses, seja pelo conhecimento das vãs filosofias ou do falar erudito.
A Bíblia diz que, ao comer, caíram no engano da serpente, suas mentes foram corrompidas e, então, ao perceber que estavam nus, cozeram folhas de figueira (justiça própria), tiveram medo e se esconderam de Deus. Todos os irmãos que caem nesse engano se desviam, tornam-se pessoas cheias de justiça própria para se justificarem, afastam-se de Deus e passam a viver debaixo do medo, o que muitas vezes os levam a depressão e todo tipo de coisa ruim em suas vidas. Decida hoje acreditar, de uma maneira absoluta e resoluta, na bondade do seu Pai de amor, ainda que você não compreenda completamente e espere pelo seu favor. Essa atitude o manterá guardado debaixo do favor de Deus.
Perguntas para compartilhar:
1. Qual tem sido o seu posicionamento diante dos questionamentos a respeito da bondade de Deus?
2. Com qual objetivo satanás tenta enganar o homem?

Write a comment:

*

Your email address will not be published.

© 2015 Igreja Videira em Fortaleza/CE | Vivemos com amor.
Topo
Desenvolvido por AlissonDesign