6ª Ministração CASA DE PAZ – PROSPERIDADE
Texto: II Samuel 6.10-12

Para o líder: Depois de hoje só teremos uma reunião na semana que vem e uma confraternização para celebrarmos
esse tempo andando juntos. Essa festa pode ser só com o pessoal de sua Casa de Paz, pode ser com toda sua rede,
discipulado ou no prédio da igreja. Esse é um momento para celebrarmos. Podemos fazer um churrasco ou um rodízio
de pizza, por exemplo, com as famílias que participaram desses estudos. Este é um momento especial para firmarmos
a célula e levar a pessoa ao Encontro.

Introdução: No antigo testamento, a presença de Deus era representada por um móvel chamado “arca da aliança”.
Onde estava a arca, ali estava a glória de Deus. Porém, devido ao pecado do povo de Israel, a arca fora levada pelos
inimigos e ficou longe por muito tempo, isto também ilustra a nossa história. Um dia o rei Davi tentou levar a arca de
volta a Jerusalém, mas por causa de um acidente que terminou na morte de um homem chamado Uzá, a arca ficou no
meio do caminho.
Nesse momento, entra na história um homem, chamado Obede-Edom que abriu a sua casa para receber a
arca da aliança e ela passou três meses ali. Ao abrir sua casa para receber a arca, a Bíblia diz que “O Senhor o
abençoou e à toda a sua casa”. A prosperidade dessa família foi tão evidente que a notícia chegou a todos os seus
vizinhos e até ao rei Davi.

1. A PROSPERIDADE DE DEUS EM NOSSA VIDA É FRUTO DE NOSSAS DECISÕES – II SAMUEL 6.10
A Arca do Senhor deveria ser levada nos ombros dos sacerdotes. Isso representa que a vida com Deus
representa princípios que Ele estabeleceu em Sua palavra e não a maneira como os homens querem que seja. Uzá
morreu porque não respeitou as Escrituras, ainda que tivesse boas intenções. Diante disso, Davi tomou a decisão de
não se comprometer e abriu mão da arca da aliança por um tempo, mas Obede-Edom decidiu que queria compromisso,
abriu a sua casa para a presença do Senhor e por isso foi abençoado. Nós também precisamos nos posicionar diante
de Deus(Josué 24:.15).

2. A PROSPERIDADE DEPENDE DE LEVARMOS AS COISAS DE DEUS A SÉRIO – II Samuel 6.11
Ao aceitar receber a presença do Senhor em sua casa, sabendo do que havia acontecido com Uzá por sua
irreverência, Obede-Edom demonstrou está disposto a fazer as coisas à maneira de Deus e organizar a sua casa de
acordo com os princípios bíblicos. Está implícito que, se Deus o abençoou com prosperidade é porque o Senhor
agradou e aprovou o seu comportamento(Salmo 128.1-4).

3. NÃO PODEMOS PERDER A OPORTUNIDADE DE MUDAR A HISTÓRIA DE NOSSA FAMÍLIA – II Samuel 6.12
Obede-Edom vivia uma vida comum com a sua família. Quando surgiu a chance de receber a presença de
Deus através da arca, ele decidiu que não perderia aquela oportunidade de ser abençoado e permitir que o Senhor
reescrevesse a sua história. Nós também, fomos escolhidos pelo Senhor para abrigar sua presença em nosso lar.
Precisamos aproveitar essa chance que Deus nos dá e mergulhar de cabeça na fé e num relacionamento de
compromisso com Jesus(João 15.16).

4. TEMOS QUE DECIDIR ENTRE PERDER OU SEGUIR A PRESENÇA DE DEUS – II Samuel 6:12
Quando o rei Davi soube que a casa de Obede-Edom e tudo que lhe pertencia haviam sido abençoados, se
inspirou e foi buscar a arca em sua casa para levá-la a Jerusalém. Assim, Obede-Edom não pode manter a arca da
aliança em sua casa, mas certamente manteve a presença de Deus. E por quê? Porque decidiu seguir servindo ao
Senhor. Quando estudamos a história bíblica, o encontramos lá na frente como um sacerdote que servia ao Senhor no
templo. Ele tomou a decisão de não ficar com a benção e a presença de Deus apenas por três messes, mas decidiu
prosseguir crescendo na fé e envolvendo-se cada vez mais com o Senhor e sua obra. E nós? Vamos seguir o caminho
de Obede-Edom? As sete semanas de aliança estão acabando, vamos parar por aqui ou vamos perpetuar a presença
do Senhor em nossas casas?( Fp.3.13-14).

Conclusão: Independente da benção que está sendo buscada nessas sete semanas, será que nossa vida voltará a ser
a mesma depois desses encontros que tivemos?
Esse é o tempo de decisões mais sérias. Não podemos perder o que Deus começou fazer em nossas vidas.
Compartilhamento:
1) O que você pode fazer para mudar a história de sua vida e de sua família? Compartilhe!
2) O que você é capaz de fazer para manter a arca da aliança em sua casa? Compartilhe!

Instruções finais. Ore desatando a benção sobre a vida profissional e financeira das famílias. Exalte o fato de se
permanecer firmes e fiéis, fale sobre o Encontro com Deus com estas pessoas. Fale sobre a importância de se ter um
Encontro com Deus pois vai ser tremendo!

Write a comment:

*

Your email address will not be published.

© 2015 Igreja Videira em Fortaleza/CE | Vivemos com amor.
Topo
Desenvolvido por AlissonDesign